CDL e entidades sugerem reabertura GRADUAL do comércio com sugestões/compromisso

Foto -

Em carta endereçada ao governador Belivaldo Chagas e prefeito Edvaldo Nogueira e entregue segunda, 13, a Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Aracaju, juntamente com Fecomércio, Abrasel, Aseopp e Acese, sugeriu a reabertura do comércio de modo gradual a atender alguns segmentos, com segurança, e também encaminhando sugestões e compromissos por parte da classe lojista.

As entidades sugeriram o controle de acesso do público dentro das lojas como forma de evitar a aglomeração, o distanciamento social dos clientes dentro dos estabelecimentos, sendo de responsabilidade dos lojistas, o uso de equipamentos de proteção por parte dos vendedores e atendentes e fornecimento de álcool em gel e ou 70% pra clientela, com compromisso também de a PMA em exercer a fiscalização das normas e higienização nas ruas do comércio, e em combinação com as determinações do Ministério da Saúde.

Brenno Barreto, que preside a CDL, disse que outros segmentos como autônomos, profissionais liberais, assistência técnica e outros também acompanhariam essa primeira medida para reabertura gradual do comércio de rua, seguindo compromissos e responsabilidades de todos os envolvidos, “tanto por parte da classe empresarial, quanto do poder público, clientes e atendentes”. As entidades aguardam respostas da PMA e governo do Estado.