CDL restringe atendimento ao público no SPC

Atendendo as normas do Ministério da Saúde e o esforço do Brasil na prevenção e combate ao Coronavírus, a Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Aracaju, que controla o maior banco de dados do país, Serviço de Proteção ao Crédito (SPC), e faz atendimento aos clientes, decidiu restringir, a partir de hoje, quarta-feira, 18, o serviço de consultas presenciais, no balcão. Em média, diariamente, são atendidas pelo SPC cerca de 200 pessoas.

“Estamos orientando as pessoas que deixem de comparecer à nossa sede, na rua Santa Luzia, e façam suas consultas por meio do Aplicativo SPC Consumidor, de forma gratuita”, avisa Brenno Barreto, presidente da CDL. Em nota, a entidade expôs a posição na sede administrativa e em comunicado via ‘Site e Imprensa’.

CDL Aracaju informa:

Em virtude do avanço da Coronavírus no Brasil, a CDL Aracaju e a Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) divulgam as seguintes diretrizes em relação aos procedimentos que devem ser adotados pelas FCDLs, CDLs e Associados.

Atendimento ao Público

– A CNDL orienta aos seus associados que, em suas áreas de atendimento ao público, seja disponibilizado álcool gel aos clientes, e que a freqüência de limpeza de pisos, corrimãos, maçanetas e banheiros seja feita com álcool 70% ou solução de água sanitária.

O atendimento presencial deve ser feito a uma distância de, pelo menos, um metro entre as pessoas, e os atendimentos ao público externo, assim como visitas fora do ambiente de trabalho, devem ser substituídos por contatos por meios digitais.

Nosso atendimento virtual pode ser feito pelo Aplicativo SPC Consumidor, sendo este prioritário para evitar o atendimento presencial em deslocamento até à CDL.

À Direção/CDL ARACAJU